domingo, 25 de setembro de 2011

LOSANGO O ADN DO MOVIMENTO

O Losango - o ADN do rugby de movimento - é um conceito de sempre do rugby e é constituido por quatro jogadores: o PORTADOR da bola, o ATRELADO ou ASA - aquele que acabou de fazer o passe ou que vem seguindo a bola e que apoia o interior do portador- , outro ASA - que apoia o exterior do portador - e o CAUDA que apoia nas costas do portador e que apoiará um ou outro lado de acordo com as decisões do portador. Há medida que este movimento vai tendo continuidade no jogo de passes, existe rotação - o cauda passa a asa, p.e. - e há novos jogadores a integrarem o sistema. Para que o losango funcione eficazmente é necessário aceitar o comando absoluto do portador - é ele que, para o bem ou para o mal, toma as decisões que os outros companheiros têm que acompanhar e reagir.   


Os All-Blacks em jogo recente contra a França não deixam os seus créditos
de APOIO em mãos alheias

No ensaio do século (ver O Melhor Ensaio de Sempre aqui)
o cauda Gareth Edwards será o marcador

A superioridade do CDUL (na foto: anos 70) que lhe permitiu
17 campeonatos baseou-se sempre no rugby de movimento e o
recurso ao losango não era desconhecido dos seus jogadores

Esta organização em losango, conjugada com a técnica de off-load - passe-em-carga - constitui uma das ferramentas mais eficazes para romper a linha defensiva. Os All-Blacks e  Sonny Bill Williams são exemplos a reter. 

Arquivo do blogue

Quem sou

Seguidores